O Que Você Pode Hackear Do Mindset Do Michael Jordan E Kobe Bryant?

 

Mesmo que você nunca tenha parado para assistir um jogo completo da NBA, você já ouviu falar destes dois nomes. E quando o nome deles vêm a cabeça, automaticamente é associado a cenas de vitórias, conquistas e sucesso.

 

E o mais interessante é que ambos tiveram o mesmo treinador. E quando digo treinador, não é aquele cara que fica do lado da quadra com uma prancheta. É um treinador pessoal. Um cara que está diariamente, faça chuva ou faça sol, analisando os seus pontos fortes, corrigindo seus pontos fracos e fazendo você chegar ao próximo nível.

 

E olha só que história inacreditável! Tim Grover, ao iniciar sua carreira de treinador pessoal, mandou uma carta para todos os jogadores do Chicago Bulls nos anos 90.  Só não mandou para o melhor jogador de basquete da história: Michael Jordan. E adivinhe quem ligou para Tim Grover pedindo para conhecer mais sobre o treinamento? Michael Jordan!

 

Sim, o melhor jogador de basquete de todos os tempos estava querendo evoluir mais ainda. E mesmo que não tenha recebido a carta, ele ficou sabendo deste novo método de aperfeiçoamento em uma conversa no vestiário, e foi atrás para saber mais do que se tratava esta nova modalidade. Isto é a mentalidade que o tornou um mito. E aqui eu quero abordar o primeiro ponto de hoje que Tim Grover falava sobre algo que encontrou em Michael Jordan e Kobe, e desenvolveu com mais afinco ainda:

 

“Para ser o melhor – seja nos esportes, nos negócios ou em qualquer outro aspecto da vida – nunca é suficiente apenas chegar ao topo. Você tem que ficar lá e subir mais alto, porque há sempre alguém atrás de você tentando alcançá-lo.”

 

Imagem relacionada

 

Se você pretende chegar ao nível onde os melhores se encontram , “bom o suficiente” não significa nada. Ser o melhor significa projetar sua vida para que você nunca pare até conseguir o que deseja e, em seguida, continue até conseguir a próxima coisa. E então você vai querer ainda mais. É esta mentalidade que o Jordan e o Bryant cultivavam e olha só onde eles chegaram. Méritos do Tim Grover que colocou percebeu que eles tinham isso na cabeça e aproveitou para desenvolver mais ainda!

 

Um outro ponto em comum entre estes dois atletas era de que eles exigiam de si mesmos mais do que qualquer outra pessoa exigia deles. Se você quer ser épico, você tem que enfrentar quem você realmente é, e fazer com que isso funcione para você, não contra você. O Michael e o Kobe eram verdadeiros predadores, com lados obscuros que se recusavam a serem ‘bonzinhos’. E, como Tim Grover diz: “sabendo ou não, você tem um lado sombrio. Use-o bem e pode ser seu maior presente.”

 

Importante ressaltar que Tim Grover não fala em lado sombrio no sentido de ser uma pessoa má com as outras. Ele fala no sentido de que, se você pretende ser o melhor no que faz, não pode se preocupar se suas ações perturbarão outras pessoas ou o que elas pensarão de você.

 

Um outro detalhe importante ressaltado por Tim: “Michael Jordan não era o melhor porque ele podia voar pelo ar e fazer arremessos impossíveis. Ele foi o melhor porque ele foi implacável em ganhar, implacável em sua crença de que não existe tal coisa como bom o suficiente”.

 

Resultado de imagem para michael jordan gif

 

Realmente, estes caras não paravam nunca. Para você ter uma ideia, Michael Jordan ganhou 6 anéis da NBA ( cada anel é um campeonato). Além disso ele se arriscou no baseball profissional em uma época, voltou para a NBA (destruindo todo mundo novamente), e hoje é um investidor de respeito.

 

Segundo a Forbes, no dia que escrevo este post, Michael Jordan tem 1,65 BILHÕES de dólares. Lembrando que durante sua carreira, ele ganhou ‘apenas’ 90 milhões. Inclusive, ele comprou uma participação no time dos Hornets em 2018 por 175 milhões, que hoje já valem 1 bilhão de dólares! Que retorno espetacular! Te cuida Warren Buffett!!

 

Existem outros hacks de modelos mentais que você pode aprender copiando o Mindset do Michael e do Kobe, mas para isso você vai precisar apertar o play e ouvir o podcast!

 

Ah! E se você se interessa em desenvolver um mindset a La Tim Grover, te convido para conhecer o meu novo livro que já está disponível na Amazon. Tem uma parte muito grande falando sobre isso, e claro, com muitos ensinamentos do mestre do Michael Jordan e do Kobe Bryant para você utilizar em seu benefício próprio.

 

Clique Aqui para Conhecer o Livro

 

6 thoughts to “O Que Você Pode Hackear Do Mindset Do Michael Jordan E Kobe Bryant?”

  1. Show TR!

    É muito difícil achar conteúdo de valor assim, mostrando exemplos tão bons e sem ser chato. Muitos coach são chatos e acabam repelindo a galera. A tarefa de mostrar que 99,9% das coisas que você não é ou não tem só depende de você, por si só já é complicada, pois ninguém gosta de fazer “sacrifícios” ou de ter que se dedicar muito pra alcançar o sucesso. É mais fácil “esperar” que as coisas aconteçam e se não acontecerem, colocar a culpa no universo.

    Fico perplexo de ver que muitas baboseiras como BBB tem zilhões de acessos diários e conteúdos como os nossos propagados diariamente tem apenas algumas centenas. Esse é o povo que teremos no futuro.

    Abraço.

    1. Obrigado pelo elogio, BPM!

      As pessoas querem ser bem sucedidas, mas não querem pagar o preço para o sucesso. Então quando estudamos exemplos como Michael Jordan e Kobe Bryant, vemos o oposto deste mindset. Será mera coincidência? Aposto alto que não!

      E concordo plenamente com você em relação aos conteúdos que fazem sucesso e aqueles que ficam apenas em centanas de views. Não me surpreende que a maioria das pessoas falha na vida.

      Um forte abraço meu caro!

  2. Excelente TR.
    Algumas pessoas dizem que temos que ser “100% originais”, nao devemos “copiar” nada de ninguém. Discordo completamente. Devemos sim buscar pensar por nós mesmos (mas aprendemos lógica e tiramos nossas premissas de algum lugar, não ?!) e, claro, aproveitar o melhor das “pessoas de sucesso”.

    Abc

    1. Muito obrigado pelo elogio, FPI.

      A propósito, olha que interessante… o próprio Kobe Bryant quando questionado como aprendeu várias técnicas no jogo, admitiu: “eu copiei um monte de coisa dos melhores.”

      Um forte abraço!

  3. Apenas por curiosidade, o Lebron James, também treina muito e procura melhorar sempre, ele tem profissionais que o acompanha e inclusive tem um equipamentos que ajuda recuperar o físico mais rápido, realmente uma máquina, super atleta !!

    1. Sem dúvida, o LeBron é um monstro!

      Salvo engano ele gasta 100 mil dólares mensais SÓ com o corpo. Sem levar em consideração o resto (alimentação, etc).

      Como o Tim Grover não treinou o Le Bron, aí não tinha como eu falar dele. Mas sem dúvidas é um ótimo exemplo, Stifler!

Leave a Reply